4 razões para você substituir o chá de saquinho pelo tradicional

15 abr 20
4 razões para você substituir o chá de saquinho pelo tradicional

A gente sabe que o chá de saquinho é muito prático no dia a dia. Mas, será que essa praticidade toda vale a pena para o seu paladar e para a sua saúde? Pois é. Vale pensar no assunto e para te ajudar a refletir com calma, separamos 4 razões para você substituir o chá de saquinho pelo tradicional.

Existem várias diferenças entre eles, não apenas pelo formato – já que o de saquinho vem embalado em sachês individuais e o a granel não,  mas principalmente por fatores que proporcionam experiências durante o consumo.

1 Propriedades naturais

O chá de saquinho tradicional é feito com ervas trituradas e nem sempre de boa qualidade.  O primeiro fator é que geralmente os produtores de chá separam as folhas de maior aparência e estrutura para os chás a granel e as folhas e insumos de menor qualidade são selecionados para os chás de saquinho.  

Além disso, as ervas são trituradas, em um processo que estimula a oxidação das folhas e consequentemente, os óleos essenciais e propriedades nutritivas se reduzem.

Portanto, se o seu objetivo é aproveitar os benefícios dos chás e infusões para a sua saúde, dê preferência sempre pelos chás a granel ou de folhas soltas, que preservam todas as propriedades e óleos essenciais.

2 Aromas e sabores

Outro problema de triturar as ervas é que, além de perder as propriedades nutritivas, os aromas e sabores são quase nulos. Por isso, algumas empresas de chás de saquinho tradicionais recorrem ao uso de aromatizantes artificiais, para equilibrar a falta do aroma natural, decorrente do processo em que as ervas são submetidas.

Já os chás de folhas inteiras apresentam uma variedade de notas aromáticas, que podem ser diferentes na erva seca, durante a infusão e depois, na xícara. Ou seja, em um único chá, você poderá perceber aromas muito distintos. O sabor também, é muito mais intenso, perceptível e agradável em relação aos chás de saquinho.

O chá preto, por exemplo, pode se apresentar muito adstringente no paladar em alguns chás de saquinho, enquanto é muito mais suave se preparado a partir das folhas inteiras.

Nós até fizemos um teste real para notar as diferenças e você pode assistir aqui.

3 Riscos à saúde 

Alguns estudos indicam que os compostos químicos usados no processamento de branqueamento de chá são cancerígenas, assim como a cola usada para selar a embalagem. Outro estudo recente, aponta também o aparecimento de nano e microplásticos em alguns tipos de chás de saquinho.

Ou seja, mesmo sem você saber, pode estar consumindo produtos nocivos para a sua saúde.

4 Rendimento

É possível fazer o seu chá render mais, para aproveitar ao máximo as propriedades das ervas e claro, fazer seu investimento no produto valer a pena.

A maioria das ervas ou blends permite que você faça, no mínimo, duas xícaras de chá com a mesma quantidade de erva, enquanto alguns podem render até 15, como é o caso do puerh.

No entanto, isso não é possível com  as folhas trituradas. Ou seja, um saquinho rende apenas uma xícara. Uma pena, não é mesmo?

Se você quer aprender como fazer a reinfusão, temos um vídeo com o passo a passo completo aqui.

É claro que não é fácil substituir o chá de saquinho pelo chá de folhas soltas, pois exige mais cuidado no preparo e o uso de algum acessório, como peneira ou infusor. No entanto, os benefícios são inúmeros e podem valer a pena se você quer consumir um produto mais natural e saudável.

Se ainda assim prefere a praticidade do chá de saquinho, procure escolher as opções de folhas inteiras e se possível, evitar embalagens de nylon ou plásticas.

Ainda não conhece nosso canal no Youtube? Inscreva-se agora e confira muitas dicas sobre chá!