Como harmonizar chá e chocolate?

16 abr 19
Como harmonizar chá e chocolate?

A harmonização de alimentos e bebidas é uma experiência divertida e surpreendente. São novos sabores, aromas e sensações provocadas a partir de uma simples combinação. O chá, por exemplo, é muito versátil e harmoniza muito bem com o chocolate, uma paixão nacional. E essa dupla é capaz de atrair diversos paladares, até os mais avessos a qualquer um dos ingredientes. Por isso, neste post você vai aprender a harmonizar chá com chocolate. Prepare o coração que a aventura é apaixonante!

O processo de combinar dois ingredientes ao mesmo tempo envolve muita técnica, para entender quais compostos podem ser destacados, mascarados ou complementados na boca, a fim de criar uma experiência sensorial agradável ou complexa, por exemplo.

Fatores que influenciam na harmonização

Assim como os vinhos os chás podem ter alto teor de taninos e diferentes graus de adstringência. Esse fatores aguçam e proporcionam sensações distintas na boca, que podem estar relacionadas com o tipo de chá escolhido e com a temperatura da água.

Tendo isso em mente, ao acrescentar um novo elemento enquanto você degusta a bebida em temperatura quente ou fria, irá proporcionar uma reação diferente. Por exemplo, ao experimentar um chá quente com um pedaço de chocolate, ele irá derreter e criar um terceiro sabor, que é a mais ousada e complexa ao mesmo tempo.

Como selecionar os ingredientes para a harmonizar

O maior desafio em uma harmonização é conseguir combinar elemento, ressaltar as suas principais qualidades e o perfil.

O primeiro passo é a escolha do chá, que precisa ser de alta qualidade, com ingredientes naturais, frescos e a granel.

O ideal é que o chocolate seja mais fino, com maior percentual de cacau. Mesmo que você não seja muito fã desta variedade, vale a pena testar e viver a experiência sensorial.

Mas é possível também usar os mais doces, como o chocolate branco ou ao leite, que derretem com mais facilidade na boca.

Se você está na dúvida, faça o teste com todos eles, para perceber as principais nuances de cada um, desenvolver seu paladar e experimentar novas possibilidades.

A dica mais fácil para criar a combinação é aliar chás encorpados com chocolates mais escuros e complexos. Assim como para os chás delicados, opte por chocolates mais claros e leves.

Existem alguns chás que são coringas para quem não sabe por onde começar, apresentamos algumas sugestões bem fáceis, mas fique à vontade para testar novas possibilidades.

Chá escuro: combina muito bem com chocolates com alto teor de cacau, proporcionando uma experiência frutada e superior no palato mais poderosa do que qualquer outro chocolate.

Matcha: ideal para compor com chocolate branco. Seu amargor irá contrastar com a doçura e cremosidade.

Chá verde (Genmaicha): também vai muito bem com o chocolate branco, pois os minerais presentes nos minerais de arroz contrasta com o doce.

Massala chai: é a companhia perfeita para os chocolates que teor de cacau de 10% a 40%, que irá derreter e ficar cremoso na boca. O ideal é preparar o chá sem leite.

Como fazer a degustação

1 Após escolher os ingredientes, prepare o seu chá corretamente.

2 Morda um pedaço do chocolate – em uma quantidade suficiente, que não seja pequena ou grande demais.

3 Em seguida, beba um gole do chá.

4 Mastigue e perceba as sensações. O chá altera o sabor do chocolate? Como? Se você consegue perceber o sabor dos dois ingredientes, essa é a harmonização ideal. Se você sentir um terceiro sabor, significa que a combinação foi bem complexa e fascinante.

5 Faça uma nova experiência. Tome primeiro um gole do chá, que preencha toda a boca, até as papilas gustativas mais distantes ao fundo.

6 Em seguida, morda o chocolate. Qual a diferença? Melhorou?

Faça até 3 provas com cada conjunto de chá e chocolate, para não sobrecarregar o seu paladar. Caso contrário ele ficará mais cansado e será difícil distinguir os sabores.

Considerações

Para aproveitar ao máximo uma degustação, evite adicionar açúcar, mel, limão ou qualquer ingrediente ao chás. Quanto mais puro o chá estiver, melhor.

É importante também que o chá seja preparado de maneira correta, ou seja, respeitando a proporção para a quantidade de água, temperatura e tempo da infusão. Um erro é capaz de influenciar completamente na harmonização. Se você tiver dúvida, veja esse post com as dicas de preparo.