7 documentários da Netflix para ampliar o paladar

22 maio 19
7 documentários da Netflix para ampliar o paladar

Uma das melhores partes de ser um apreciador de chá é a possibilidade de transitar por diversos caminhos que vão além da bebida. Sabe aquela premissa de que a prática leva à perfeição? Faz todo o sentido para o processo de análise sensorial de chás, por exemplo. Pensando nisso, fizemos uma curadoria com 7 documentários da Netflix para quem quer ampliar o paladar.

O processo de análise sensorial exige que a sua memória olfativa e paladar sejam amplos, a fim de conseguir identificar o maior número possível de notas presentes na bebida.

Por isso, quanto mais você provar e conhecer alimentos, pratos e combinações diferentes, mais desenvolvida será sua habilidade sensorial.

Para ajudar a abrir horizontes e despertar sua curiosidade, nossa equipe elegeu 7 documentários da Netflix que são perfeitos para quem gosta de chá, comida e bebida, confira!

1 A origem do sabor

Imagem divulgação

Com 20 episódios, essa é uma das séries dignas de maratona para quem gosta de viajar em culturas distintas e histórias ao redor da culinária.

A série “A origem do sabor” revela uma relação latente da população com os pratos típicos regionais da região de Chaoshan, na China, que fazem parte do cotidiano de muitas famílias.

Prepare-se para descobrir combinações de ingredientes bem incomuns e curiosos.

É uma série documental leve, curiosa e muito rica em imagens, que valorizam cada cena. 

Além disso, é rápida para assistir, cada episódio possui cerca de 12 minutos.

2 Sour Grapes

Imagem divulgação

O primeiro caso de falsificação de vinhos que chegou na corte judicial dos Estados Unidos se tornou um dos crimes mais emblemáticos no mundo.

O Sour Grapes é um filme que documenta a história mais famosa de falsificação de vinhos, regada de excessos, festas e luxo.  

Ele apresenta a fascinante estratégia do golpista Rudy Kurniawan, um indonésio que cativou a alta sociedade norte-americana pelo seu elevado conhecimento por vinhos, que atraiu diversos investidores e envolveu milhares de dólares. 

O que muitos não sabiam – nem desconfiavam é que nem todos os vinhos eram originais. 

3 Street Food

Imagem divulgação

É possível que você fique com muita fome ao assistir essa série documental da Netflix.

Ou, o contrário. E é justamente isso que a torna muito especial: a capacidade de apresentar diferentes pratos da culinária asiática e que fazem parte do cotidiano de muitas pessoas.

A série apresenta 9 cidades -uma por episódio- e suas principais comidas de ruas, com ingredientes e combinações muitas vezes exóticas e a incrível capacidade de preparar e servir inúmeros pratos em espaços mínimos e improvisados.

A beleza está no retrato do dia a dia dos ambulantes e as histórias por trás de quem faz as receitas, muitas delas mantidas há gerações e que ainda resistem às ações do governo para diminuir o comércio de rua.

Ameaçando assim a sobrevivência e fonte de renda de muitas pessoas e a identidade cultural asiática.

São sabores, memórias, tradições e luta por trás de pratos incomuns e irresistíveis.

4 Sal, gordura, acidez e calor

Imagem divulgação

A chef de cozinha Samin Nosrat transformou o seu livro em um documentário de 4 episódios baseados nos elementos essenciais para uma cozinha perfeita: sal, gordura, acidez e calor.

Com um jeito divertido e cativante, Samin viaja por diversas regiões do mundo em busca de sabores e sensações e dos melhores pratos. 

Curiosa, ela aprende a preparar receitas clássicas e é capaz de transmitir as mesmas emoções para quem está do outro lado da tela.

É uma série que aborda dicas importantes, ensina sobre os cuidados essenciais para obter o alimento perfeito e o respeito aos ritos e tradições da culinária de qualquer lugar do mundo.

5 Um ano em Champagne

Imagem divulgação

Já imaginou como é a produção de vinhos na famosa região de Champagne, na França?

Neste filme você vai poder acompanhar de perto o complexo processo fabricação dos vinhos exclusivos e reconhecidos no mundo inteiro.

Durante um ano, o diretor David Kennar acompanhou viticultores, empresários e especialistas em na rotina de criação e produção dos vinhos.

Durante as quatro estações, a rotina dos produtores é intensa, exige cuidado em cada detalhe e repleta de dificuldades. Vale a pena assistir!

6 Cooked

Imagem divulgação

Autor de diversos livros sobre saúde e alimentação saudável, Michael Pollan apresenta o poder a influência de quatro elementos naturais para uma alimentação: fogo, água, ar e terra.

Baseado em princípios científicos, Pollan viaja em busca de comprovações práticas nas raízes culturais, como nas caçadas de animais, churrasqueiros, fabricantes de pães de fermentação natural, aos pratos indianos e às fábricas de chocolate e queijo. 

Em cada experiência é apresentada a importância dos elementos naturais para produção de alimentos, a relação com os benefícios para o organismo humano e claro, a interferência da indústria para a saúde.

É uma imersão em processos, sabores e aromas que apresenta o modo como a alimentação se transformou ao longo dos anos – e suas consequências para a sociedade.

7 Caffè Sospeso

Imagem divulgação

Para quem aprecia o café, o Caffè Sospeso traz um agradável surpresa ao apresentar o cotidiano de algumas pessoas ao redor do mundo, em cenários bem distintos, mas unidos pela bebida.

O nome do filme faz referência a uma tradição italiana, em que ao comprar seu café, você deixa outro pago.

Assim, o próximo cliente recebe uma xícara de graça – sem precisar saber quem foi o autor da boa ação. 

Uma atitude que beneficia a muitas pessoas -principalmente as que estão em situações vulneráveis, já que a maioria dos cafés são doados a pessoas de rua.

Entre as diferentes realidades, o documentário mostra como o café tem uma ligação importante na vida de cada uma das pessoas e traz uma leve visão sobre a influência da bebida na sociedade.

Quer descobrir mais dicas? Veja o que selecionamos aqui.