O que é o rooibos?

20 Maio 20
O que é o rooibos?

Embora ainda não seja tão popular no Brasil, o rooibos já se tornou o queridinho de muitos tea lovers. Essa planta de origem sul-africana tem um sabor naturalmente doce e é rica em propriedades benéficas para o organismo.

Chá vermelho da África do sul

Conhecido como o “chá vermelho da África do Sul”, o rooibos não é, tecnicamente um chá, mas uma infusão. É perfeito para ser apreciado a qualquer momento do dia e por isso, tem ganhado cada vez mais espaço nas prateleiras das lojas e casas de chá.

O Aspalathus lineares ou rooibos, como é mais conhecido, é uma espécie de arbusto nativo da região de Cederberg, uma área montanhosa e propícia para o crescimento desse tipo de planta, que possui folhas longas, verdes e em forma de agulha. 

Estima-se que os primeiros ensaios para consumí-lo em forma de infusão tenham surgido no ano de 1700, quando moradores da região picaram os talos e colocaram na água quente.

Na época, os holandeses que colonizaram a África do Sul encontram no rooibos uma oportunidade de negócio, uma alternativa ao chá preto importado e de alto valor.

Conforme o interesse sobre o cultivo e comércio sobre o arbusto cresceu, a indústria evoluiu, com processo produtivo e exportação para o mundo inteiro.

De acordo com dados divulgados pelo Rooibos Council da África do Sul, uma organização independente que tem como objetivo promover a indústria do rooibos, a cadeia de cultivo e produção gera renda e emprego para mais de 5 mil pessoas.

O rooibos é exportado para mais de 30 países e entre os que mais importam estão a Alemanha, Holanda, Japão, Reino Unido e Estados Unidos.

A exclusividade regional faz do rooibos uma bebida única, com características próprias influenciadas pela localização geográfica, terroir e cultura de um povo. Por isso, vale a pena experimentar, ao menos uma vez na vida!

Método de Processamento do Rooibos

Assim como os chás da Camellia sinensis, o rooibos também passa por etapas de processamento bem semelhantes.

Após serem colhidos, os caules e folhas são cortados e amarrados em feixes, para estimular a oxidação, que é a exposição ao oxigênio. Esse processo estimula a oxidação e extrai os óleos essenciais da planta, além de dar a coloração marrom avermelhada, característica desse tipo de infusão.

Quanto mais oxidados, maior o tom de avermelhado e o mais doce ele será. Depois, ele é seco e está pronto para o consumo.

Existe também o rooibos verde não fermentado, que é cozido no vapor e seco. Ele não passa pelo processo de fermentação e por isso possui uma cor levemente verde, com sabor mais mineral.

Perfil do Rooibos

Reconhecer a erva seca do rooibos é bem simples: ele é composto de pequenas partículas em formato de agulhas, em um tom marrom avermelhado.

Sua infusão possui uma rica lista de aromas, que podem flutuar entre  mel, amadeirado, doce, baunilha, caramelo e, algumas vezes, pode até surgir um feno ou mofo.

No sabor, destaca-se o seu dulçor totalmente natural, capaz de atrair até os paladares mais avessos ao doce. 

Por isso, ele é muito utilizado para compor blends e bebidas industrializadas, devida sua complexidade sensorial e característica adocicada.

Propriedades do rooibos

Um dos principais motivos que tem atraído a atenção dos consumidores para o rooibos é a sua vasta lista de propriedades e benefícios para a saúde.

Primeiro, porque ele não contém a teína, um poderoso estimulante presente nos chás da Camellia sinensis, ao contrário, é um excelente relaxante.

Por não possuir cafeína, também é indicado para gestantes, lactantes e até crianças.

É rico em antioxidantes, que ajudam a proteger as células dos danos causados pelos radicais livres. Não por acaso a indústria cosmética também vem apostando nessa matéria-prima.

Anti-inflamatório, fonte de vitaminas A, C e E, é um isotônico natural e ajuda a reduzir  o colesterol ruim.  Alguns estudos apontam que ele também pode ser um aliado para prevenção contra o câncer e doenças cardíacas.

Como preparar uma infusão de rooibos

Caso você tenha a sorte de encontrar uma infusão pura de rooibos, aproveite cada gole em sua xícara – pois você poderá viver uma experiência única.

Para preparar uma infusão de rooibos, você deve utilizar 1 colher de chá de erva, que equivale de 2 a 3 gramas e 200 ml de água.

A água deve ser aquecida a 100oC.

Coloque a água sobre a xícara e tampe. Deixe me infusão por cerca de 5 minutos e coe em seguida.

Geralmente a infusão de rooibos e alguns blends podem render duas ou mais xícaras, através do processo de reinfusão.

Você sabe o que é uma infusão de chá? Descubra aqui.