Conheça o chá oolong

09 mar 20
Conheça o chá oolong

Como já comentamos em um outro post, o que difere os 6 tipos de chás é a forma como a folha da Camellia sinensis é processada. O percentual de oxidação e o quão enroladas são suas folhas são algumas das características que mais interferem no perfil de um chá, inclusive do Oolong, uma das variedades mais encantadoras.

É difícil precisar exatamente quando o oolong surgiu, mas estima-se que ele tenha sido “criado” há mais de 400 anos, com origem na província de Fujian, na China.

A principal característica do chá oolong e que torna fácil a sua identificação é o formato das folhas: geralmente elas são enroladas e ficam em formato de bolinhas, pequenas e verdes.

Mas é claro, existem exceções e você poderá entender ao longo deste post.

Outra curiosidade desse tipo de chá é a imensa variedade de perfis diferentes, o que torna cada oolong um chá único, com características particulares.

Isso se deve ao fato de que cada mestre do chá tem uma técnica e uma maneira distinta de produzir o oolong, alguns se tornam mais suaves e florais e outros, mais intensos.

Processamento do chá oolong

Assim como todo os 6 tipos de chás da Camellia sinensis, o oolong também passa por um processo de elaboração para adquirir seu perfil característico.

Após serem colhidas, as folhas são expostas ao sol para murchar e assim, remover o excesso de umidade. 

Depois, elas são oxidadas, etapa que varia muito de um oolong para outro, pois depende do mestre do chá a quantidade de oxidação aplicada. 

Em seguida, elas são expostas ao calor, para interromper esse processo – que  impede que o chá seja oxidado por completo (como o chá preto) e depois, as folhas são moldadas.

folha de chá oolong
Exemplo de chá oolong

Os oolongs podem ser enrolados, que é o formato mais popular, torcidos ou enroladas em bolinhas bem firmes ou em fios finos e longos.

Após essa etapa, elas são aquecidas para então estarem prontas para o consumo. 

Alguns tipos de chás passam pela torrefação em carvão, para aumentar a sua vida útil, no entanto, esse processo pode dar um aroma e sabor mais torrado, que não é tão agradável.

Perfil do chá oolong

O oolong, por exemplo, é o mais complexo, pois é um chá parcialmente oxidado, com um percentual de oxidação que pode variar de 15% a 80%, aproximadamente. 

Essa grande variação, junto também com o fato de que cada produtor tem sua forma muito própria de elaborar seus oolongs, faz com que seja possível encontrar chás com sabores muito diferentes.

Você pode ter a experiência de provar um chá oolong com notas muito próximas do chá verde (pouco oxidado), por exemplo, ou até provar chás com sabores um pouco mais encorpados, com características parecidas com os chás pretos (bastante oxidados).

De maneira geral, os oolongs são muito aromáticos, que fez surgir um o aroma tea cup, um acessório específico para analisar essa variedade de chá.

O utensílio foi inventado em 1970 pelo governo de Taiwan, época em que havia um estímulo para consumir os oolongs, pois eram muito perfumados e para valorizar essa característica, desenvolveram o aroma tea cup. Para saber mais, confira esse post aqui.

Tipos diferentes de chá oolong

Além da oxidação, outro fator importante que define o oolong é o quão enroladas são suas folhas.

É a partir dessas diferenças que surgem as categorias de oolongs, que vão desde o jade (com baixo nível de oxidação, folhas bem enroladas e licor de cor verde azulada); os oolongs escuros (folhas abertas e licor de cor acastanhada) e por fim, os oolongs cozidos (que são secados por mais tempo do que o normal, para que possam criar um sabor mais complexo, mais tostado).

Um dos oolongs mais conhecidos é o Tie Guan Yi (jade) que inclusive enviamos aos assinantes do nosso Clube do Chá em maio de 2017.

É um chá chinês, com folhas bem enroladas, baixa oxidação e adocicado, com notas florais que ficam entre o jasmim e a orquídea, o que garante um chá com sabor leve e delicado.

Exemplo de uma folha enrolada de Oolong e outra aberta, após a infusão

Na foto acima você consegue observar a diferença de uma folha do Tie Guan Yin, com a folha enrolada e seca (lado esquerdo) e a folha aberta após a infusão (lado direito).

Inclusive, esse é um tipo de chá que permite várias infusões, porque seu sabor vai sendo liberado conforme as folhas vão se abrindo.

E você, já tomou um chá oolong, tem algum favorito? 

Já conhece os outros 6 tipos de chás? Aqui no blog você pode conhecer o chá branco, amarelo, verde, preto e escuro.