Qual é a temperatura ideal para preparar um chá?

11 mar 19
Qual é a temperatura ideal para preparar um chá?

Para preparar um bom chá bastam 3 ingredientes: dedicação, erva e água. A dedicação é a sua atenção completa, da escolha do chá ao controle em cada etapa do preparo. A erva precisa ser de qualidade, preferencialmente de folhas soltas. Já a temperatura é um fator decisivo que pode transformar seu chá: torná-lo delicioso ou intragável. E é sobre ela que iremos falar, afinal, você sabe qual é a temperatura ideal para preparar um chá? Não? Então esse post é para você!

Aquela história de usar água fervente para preparar o chá é mito. Para o chá perfeito, você precisa entender qual é a temperatura ideal que irá permitir que as folhas liberem seus compostos de maneira harmoniosa. Ou seja, sem amargor, com aromas e propriedades nutritivas.

Mas é claro que você pode ferver a água e aguardar a diminuição da temperatura até chegar no ponto ideal do seu chá, para que consiga perceber todas as nuances.

Com as dicas desse post, vai ficar mais fácil entender a importância de respeitar esse critério para conseguir fazer seu chá como um profissional.

Para que serve a água quente no chá?

A água quente não é por caso: ela possui uma função muito importante para as ervas, que é extrair seus óleos essenciais e nutrientes.

Cada variedade ou tipo de chá necessita de um grau de calor diferente para o processo, os mais delicados exigem água em baixa temperatura e os mais robustos, mais alta.

Portanto, a temperatura sempre irá depender dos ingredientes que compõem o chá, com o propósito de obter uma bebida igualmente equilibrada em aroma, sabor e nutrição.

Desta forma, será possível fazer uma análise sensorial completa e explorar todos os benefícios em uma xícara.

Outro fator que tem relação direta com a temperatura é o tempo de infusão. A quantidade de minutos em que as ervas ficam em contato com a água quente também interfere no perfil da bebida. Ao ultrapassá-la, é bem provável que você obtenha um chá amargo. E não atingi-la fará com que seu chá fique sem personalidade.

Isso muda para o método de extração a frio, onde é usada água fria ou gelada para o preparo e por isso, as ervas precisam ficar em infusão por cerca de 10 a 12 horas, para liberar seus compostos.

Como definir a temperatura para cada tipo de chá

Se você é novo no caminho do chá, fique tranquilo: a maioria dos fabricantes indicam na embalagem a temperatura adequada e o tempo de infusão.

Os chás provenientes da Camellia sinensis passam por processos de produção diferentes, com variação do nível de oxidação. Isso faz com que exista uma média de temperatura ideal para cada variedade, que você também pode usar como um guia.

Confira abaixo:

Chá branco: 70°C a 85°C

Chá amarelo: 70°C a 75°C

Chá verde: 60°C a 80°C

Chá oolong: 85°C a 95°C

Chá preto: 90°C a 95°C

Chá escuro: 80°C a 95°C

Infusões de frutas ou ervas: 100°C

O cuidado maior é para os blends, que são uma combinação de diferentes ingredientes, onde não é possível criar um padrão, já que irá variar de acordo com a sua composição. O ideal neste caso é verificar na embalagem a orientação.

Como medir a temperatura?

Uma das dúvidas mais comuns é como conseguir medir com precisão a temperatura da água. Existem várias possibilidades disponíveis, o ideal é escolher a que mais se encaixa com o seu perfil, rotina e claro, com o seu limite de investimento.

Selecionamos 3 maneiras simples de medir a temperatura da água em casa, todas funcionam e são adequadas para o preparo do chá.

Chaleira elétrica com termostato: essa é uma opção que oferece praticidade e agilidade. Basta adicionar a quantidade de água e selecionar a temperatura desejada, ela irá aquecer de acordo com a opção inserida. Existem chaleiras com um seletor pré-definido de temperaturas e outras em que você pode definir manualmente no painel digital.

Os valores variam de acordo com a marca, mas é possível encontrar modelos a partir de R$ 200.

Termômetro digital: um velho conhecido na cozinha, o termômetro é uma opção muito acessível e simples para aferir a temperatura. Existem duas opções, o tradicional, em formato de espeto e o com infravermelho/laser.

O primeiro é mais barato, custa menos de R$ 20, porém exige maior cuidado já que é preciso colocá-lo dentro da água quente, expondo você a riscos de queimaduras.

Já o segundo é mais seguro, basta apontar na direção do recipiente que os feixes de luz conseguem fazer a aferição.  Encontramos modelos disponíveis na internet a partir de R$ 35.

Método da bolha: essa é uma opção que não exige nenhum equipamento, pois consiste em avaliar a temperatura da água a partir da formação das bolhas durante o aquecimento.

Como funciona:  adicione água para aquecer em uma chaleira ou panela e observe a formação das bolhas na água. Elas irão passar por vários estágios e cada um deles representa uma temperatura, até chegar no ponto de ebulição.

Veja o guia que prepararmos para você:

70° começam a formar pequenas bolhas no fundo da chaleira.

80° surge um vapor suave e as bolhas no fundo da chaleira ficam maiores, começam a subir pela lateral.

90° A água começa a assobiar, o vapor é intenso e há um número maior de bolhas na superfície.

100° As bolhas são grandes e se movimentam na superfície.

Atenção: para esse método é necessário ter muito cuidado, o ideal é observar a uma distância segura e evitar o contato direto com o vapor e água quente, que podem causar queimaduras.

Treine e experimente

O caminho do chá é individual: cada um vai ter vivências e experiências diferentes. A dica é entender as principais orientações para preservar as principais propriedades da erva a ser preparada e testar.  Muitas vezes o erro é que faz despertar a vontade entender as maneiras de tratar com carinho a erva, que passou por inúmeros processos e cuidados até chegar perfeita na sua casa.

O principal desafio é ter uma atenção plena enquanto faz o seu chá, para aquecer a água no tempo ideal, respeitar o tempo de infusão, sentir os aromas e testar seu paladar. Nem sempre na primeira vez irá conseguir o equilíbrio entre todas as etapas, mas é justamente o treino que leva à perfeição.

E se é esse o seu objetivo, aproveite para ver outras dicas sobre chás aqui.