Reinfusão: como fazer o seu chá render mais

09 jul 19
Reinfusão: como fazer o seu chá render mais

Uma das principais vantagens de consumir chás de folhas soltas é a possibilidade de preparar várias xícaras com apenas 1 colher de chá.  O processo é conhecido como reinfusão e pode ser feito de um jeito simples, que irá proporcionar uma experiência única.

É uma maneira de de fazer a sua bebida render muito mais, pois os chás a granel ou especiais possuem um custo mais alto em relação aos de saquinho.

Também é uma oportunidade para experimentar diferentes sabores, aromas e perfis de um único chá, já que a cada infusão, o resultado será diferente.

Apesar da nomenclatura não ser muito conhecida, é uma prática milenar no oriente. Na China, por exemplo, a primeira água  é despejada sobre as folhas de chá e em seguida é descartada.  Só então é feita a infusão para o consumo.

Esse processo de “lavagem”das folhas é usado principalmente em chás puros, ou seja, chá branco, amarelo, verde, oolong, preto e escuro, que naturalmente são mais aromáticos e preservam muitas propriedades.

Como fazer a reinfusão com seu chá

O processo é mais simples do que você imagina. Veja abaixo o passo a passo:

1 Prepare o chá ou infusão de sua preferência, respeitando a proporção de 1 colher de erva, que corresponde a cerca de 2-3 gramas, para 200 ml de água. 

2 Siga as orientações de temperatura e tempo de infusão de acordo com o fabricante.

3 Ao coar seu as folhas (com infusor ou peneira), certifique-se de retirar o máximo de água possível, sem apertá-las ou cortá-las. Quanto mais secas, melhor. 

4 Deixe o infusor ou peneira sobre um recipiente.

5 Aprecie e beba seu chá tranquilamente.

6 Após finalizar sua xícara, aqueça a água e despeje sobre as ervas que você usou anteriormente.

Existe um limite de reinfusão para cada tipo de chá?

De maneira geral, todos os chás, infusões ou blends rendem no mínimo, 2 infusões. Ou seja, 2 xícaras com apenas 1 colher de erva.

No entanto, alguns podem render mais. Para se ter uma ideia, alguns tipos de puehr, que é uma variedade do chá escuro, rendem até 15 infusões.

O segredo – e a melhor parte- é testar.

Vá fazendo novas infusões e experimentando, notando a diferença entre as notas aromáticas e a mudança no paladar.

A partir do momento que as percepções forem mais sutis e quase imperceptíveis, significa que o sue chá atingiu o limite de reinfusão.

Os únicos que não são indicados para esse processo são os blends que possuem ingredientes que derretem completamente na primeira etapa, como caramelo ou chocolate.

Para ajudar, reproduzimos abaixo uma tabela apresentada no livro “Viagem ao mundo doChá”, de Ina Gracindo, que orienta de maneira mais ampla o limite de reutilização das folhas de acordo com o tipo de chá.

tabela de reinfusão de chá
Fonte: Livro “Viagem ao mundo do chá” de Ina Gracindo, página 39.

A reinfusão pode ser feita com quais tipos de chás?

Todos os chás de folhas soltas podem ser reinfusionados, inclusive os blends com flores, frutas ou raízes. 

Se você optar por folhas frescas, recém-colhidas, como hortelã, capim-cidreira entre outras, é preciso ter um cuidado extra.

Após serem cortadas, as plantas passam por um processo de oxidação e o ideal não consumir quando ele começar a ocorrer.

Por isso, preste bem atenção nas folhas: a partir do momento que começarem a apresentar manchas escuras, descarte-as.

Os chás triturados ou de saquinho (CTC) não são indicados para usar neste processo, pois perdem o sabor e aroma no início do processo de infusão.

Os chás puros são os que mais se destacam e surpreendem nesse processo.

Pode guardar as folhas para fazer uma reinfusão ao longo do dia?

Em algumas casas de chás orientais o processo de reinfusão é mais rápido, com intervalos que variam de 1 minuto a 30 segundos, usando uma proporção maior de erva.

É um tipo de serviço voltado especificamente para perceber as transformações de um chá ao ser mergulhado na água.

No entanto, em casa você não precisa ter tanta pressa – vá no seu tempo, esteja presente no momento do chá. 

O importante é manter as folhas bem secas, já que a umidade é o ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias.

Tente coar bem para remover o máximo de água possível ou seque com uma folha de papel absorvente.

Caso você não consiga fazer a reinfusão em seguida, pode armazenar as folhas em um recipiente bem vedado e mantê-lo na geladeira, por no máximo, 3 horas. Após esse período, o ideal é descartar.

Outra opção é reaproveitar as folhas – da primeira infusão – para fazer um chá no método Cold brew

Basta colocar em uma garrafa bem tampada e deixar descansar na geladeira por cerca de 12 horas. Você terá uma bebida muito suave e agradável.

Quer conferir mais dicas do universo do chá? Confira aqui.