Como escolher a chaleira ideal para fazer chá?

30 abr 19
Como escolher a chaleira ideal para fazer chá?

É bem curioso como algumas coisas mudam a partir do momento que você começa a apreciar chás com maior dedicação. Alguns itens que antes eram comuns dentro de casa, por exemplo, passam a ganhar mais importância que o normal. É o caso da chaleira, que é fundamental no preparo do chá, para aquecer a água e adquirir a temperatura desejada. Mas com tantas opções no mercado, como escolher a opção ideal? Preparamos neste post algumas dicas.

Existem diversos modelos disponíveis no mercado, das mais tradicionais às atuais e efetivas chaleiras elétricas, em que cada uma delas oferece uma proposta diferente.

O ideal é entender qual o modelo que mais se adapta ao seu perfil e ao seu dia a dia.

Tipos de chaleiras

Para início de conversa, é importante entender que existem 3 tipos principais de chaleiras.

Cada uma delas oferece vantagens e desvantagens que vão variar de acordo com o seu objetivo, como apenas ter água aquecida ou precisar de temperaturas específicas.

O modelo mais comum e um dos mais antigos é o tradicional, que exige aquecimento direto no fogo. 

Ela pode ser encontrada em diversos materiais, como inox, cerâmica ou ferro e com diferentes capacidades volumétricas. É a chaleira mais simples do mercado.

Vantagens: preço mais acessível e funciona em qualquer ambiente, desde que tenha fogo.
Desvantagens: leva muito mais tempo para atingir o ponto de ebulição, pois varia de acordo com a quantidade de fogo e exige atenção para desligá-lo, a fim de evitar acidentes. Além disso, dependo do tamanho do recipiente é mais difícil de verificar a temperatura, sendo necessário o uso de aparelho medidor, como o termômetro.

Outro modelo disponível é a chaleira elétrica, que já está bem difundida no mercado e aos poucos está substituindo a tradicional.

Ela oferece mais praticidade já que para aquecer é preciso apenas de energia elétrica.

Vantagens: melhor custo-benefício, agilidade e praticidade.
Desvantagens: depende de energia elétrica para ligar e é preciso escolher um material de qualidade, com maior durabilidade e que não libera compostos químicos na água, como alguns tipos de plásticos, por exemplo.

A mais recente e geralmente usada por amantes de chás e cafés é a chaleira elétrica com termostato.

O principal diferencial é o medidor de temperatura que facilita o preparo de ervas ou bebidas que exigem diferentes variações de temperaturas. Isso é possível graças ao termostato, dispositivo que controla a temperatura da água no recipiente.

Vantagens: maior controle de temperatura, praticidade, segurança e agilidade.
Desvantagens: preço mais elevado.

Como escolher a chaleira ideal?

O primeiro passo para entender qual o modelo de chaleira ideal para o seu estilo é entender a frequência que você irá utilizar e para consumir quais tipos de bebidas.

O preparo do chá, por exemplo,  exige muito respeito em todo o processo, que vai desde a escolha das ervas até a temperatura ideal para cada variedade.

Isso porque os chás mais delicados exigem temperaturas mais baixas e os encorpados, temperaturas mais altas, como explicamos aqui.

Abaixo apontamos as sugestões de acordo com o perfil do #tealover.

Para quem gosta de infusões

Se você costuma beber apenas infusões, ou seja,  qualquer erva ou mix de ervas que não contenha a Camellia sinensis, como camomila, capim-cidreira, entre outras, a chaleira tradicional ou elétrica é suficiente.

Como a temperatura para o preparo das infusões é 100º, os dois equipamentos conseguem aquecer a água até a ebulição.

A principal diferença é que o modelo tradicional costuma ter um custo menor em relação à elétrica, dependendo do material. 

No entanto, a opção elétrica oferece mais praticidade, já que ferve em menos tempo e oferece segurança, pois desliga automaticamente após aquecer a água.

Para quem gosta de chás e cafés

Já para os amantes de chás, aqueles feitos com a Camellia sinensis ou até mesmo café, a chaleira elétrica com termostato é a melhor opção.

Como existem diversas variedades de chás e blends de chás, elas vão exigir temperaturas diferentes, que variam entre 60º e 95º. Por isso, o dispositivo que controla a temperatura é fundamental para não errar.

De maneira geral existem dois modelos bem comuns no mercado.

Algumas marcas oferecem temperaturas 4 pré definidas, que variam de 60º a 100º, em que você vai ter água na temperatura aproximada da unidade decimal desejada.

Já o outro modelo bem popular é composto por um painel digital, em que o usuário pode cadastrar a temperatura exata.

Fatores para considerar na hora de comprar uma chaleira elétrica

São tantas marcas e modelos de chaleiras elétricas disponíveis que pode ser até difícil escolher uma só.

Para facilitar no processo e fazer a escolha certa para você, separamos abaixo alguns fatores para considerar no momento da compra.

Quanto você pode investir?

Ao adquirir um novo item é sempre importante avaliar a importância dele para o seu dia a dia e o quanto você está disposto a pagar.

Se no momento a sua margem é menor, procure os modelos com melhor custo-benefício e economize para no futuro fazer um investimento maior.

Método de controle de temperatura

Faça o primeiro filtro: qual modelo de chaleira elétrica você precisa?

Lembre-se de avaliar o seu dia a dia, que tipos de chás ou infusões costuma consumir e com que frequência, para avaliar se vale a pena investir em um modelo com temperaturas pré-definidas ou com painel digital.

Tamanho

Existem várias opções de tamanhos, com capacidades pequenas ou até 2 litros.

Como o volume influencia no tempo de aquecimento e até mesmo no preço, tente entender qual o tamanho que atende as suas necessidades.

Material

Um dos fatores que costuma influenciar no preço e na qualidade da chaleira é o material. Aço inox, vidro ou plástico são os principais e que possuem seus prós e contras.

É importante lembrar que água quente exige cuidado e ter um material que evite queimaduras faz muita diferença.

Ficou mais fácil escolher uma chaleira ideal para preparar o seu chá?

O importante é saber qual é a que funciona para o seu estilo de vida e consumo e claro, pesquisar muito! Assim você consegue ter uma noção de preço médio do tipo de chaleira que pretende adquirir e pode ter novas possibilidades.

É claro que não é indispensável ter um chaleira elétrica, afinal, mesmo com a tradicional você pode medir a temperatura com o método da bolha, conforme ensinamos aqui.