5 dicas de ouro para preparar chá perfeito

09 abr 19
5 dicas de ouro para preparar chá perfeito

Antes de chegar até você, o chá passou por diferentes processos, viajou quilômetros e foi tratado com muito cuidado para se manter fresco até o consumo. Toda a dedicação das pessoas envolvidas para cultivar um chá especial deve ser valorizada no preparo, afinal, é você quem poderá provar a melhor experiência. Para ajudar você a aproveitar ao máximo as propriedades, nós compartilhamos 5 dicas de ouro para preparar o chá perfeito, aquele que irá proporcionar um momento leve, feliz e saboroso no seu dia.

Veja as nossas dicas abaixo:

1 Prefira ervas a granel ao invés de saquinho

É verdade que o chá de saquinho é muito prático. Afinal, basta colocar na xícara, adicionar água quente e está pronto. No entanto, ele não oferece a riqueza de nutrientes, aromas, óleos essenciais e frescor,  porque é composto por folhas trituradas que perdem parte desses compostos no processo de fabricação, assim como não permitem identificar a real composição do chá ou infusão.

Por isso, dê preferência sempre para as ervas a granel, formada por folhas, flores ou frutos. Assim, você vai conseguir experimentar sabores e sensações que vão tornar a sua experiência mais completa.

2 Temperatura da água

Esse é um dos detalhes mais importantes para o preparo do chá perfeito. Por isso, respeite a temperatura indicada no rótulo do chá, se houver. A nossa dica é simples: para chás mais delicados, como branco e o verde, utilize a temperatura entre 60 e 80 graus.

Os mais encorpados, como preto, oolong ou infusões (de ervas secas, como camomila, erva doce, entre outros) pedem temperaturas mais altas, entre 90 e 100 graus. Mas como saber a temperatura ideal sem um termômetro? É bem fácil, faça a técnica da bolha, que nós explicamos aqui. Você pode aquecer a água tanto no fogão como em chaleiras elétricas.

qual a temperatura ideal para fazer chá

Temperatura ideal para cada tipo de chá. Crédito da imagem: Diário do ?Chá

3 Proporção ideal de chá e água

É claro que cada um pode gostar do seu chá de uma maneira diferente. Mas para apreciar um chá com o equilíbrio de elementos, é fundamental respeitar a proporção de ervas para a quantidade de água.

Por padrão, para preparar uma xícara de chá é necessário 2 a 3 gramas de ervas (equivalente a 1 colher de chá) e 200 ml de água. Faça o teste, experimente o chá com essa quantidade e note a cor do líquido, os aromas liberados e o sabor. Quer preparar chá em maior quantidade? É bem simples, use sempre essa proporção que não tem erro!

4 Tempo de infusão

Além de ficar de olho na temperatura da água, é preciso também controlar o tempo de infusão. Se você deixar tempo demais, pode modificar totalmente o chá. É o que acontece, por exemplo com o chá verde. Se ele permanecer mais de 2 minutos em infusão, ficará amargo e não será muito agradável.

Em algumas variedades de chás, se o tempo em infusão for menor que o indicado, ele não irá soltar as folhas ou liberar seus compostos, resultando em uma bebida sem sabor.

Ou seja: veja qual a variedade de chá que você irá preparar e confira na embalagem a indicação do fabricante. Ou, se preferir, siga o infográfico abaixo.

tempo de infusão para cada tipo de chá

Importante: para coar as folhas, você pode usar um infusor ou uma peneira.

5. Louça adequada

 Você sabia que o material dos utensílios pode influenciar no sabor do chá? Dê preferência para acessórios e xícaras de vidro (que tenham resistência a altas temperaturas) ou porcelanas, que são neutros e não interferem no sabor da bebida.

Evite ao máximo os plásticos, que podem liberar substâncias danosas ao organismo.

Com essas dicas, é só preparar o seu chá favorito e aproveitar o seu melhor momento do dia, experimentando cada sensação e experiência que essa bebida pode proporcionar. Se você puder, prove diferentes variedades de chá e vá descobrindo as diferenças entre elas, explorando ao máximo esse universo tão encantador.

Gostou das dicas? Aproveite e veja outras informações sobre chá aqui.